Rolando & Trollando

A sorte está lançada…

Mourn Day Remainders – Sessão 4: Explorando o castelo gigante

Ontem, dia 28 de dezembro, jogamos a quarta sessão da campanha Mourn Day Remainders. Nossa última sessão do ano pode também ser a última sessão dessa campanha, mas espero que tenhamos oportunidade para jogá-la novamente.

Resumo da sessão

Após entrarem nas ruínas de Paluur Draal, uma cidade do antigo império Dhakaani, e derrotarem as criaturas e armadilhas que protegiam a entrada, eles exploram a cidade. Ao longe vêem o que avistaram da floresta antes do cair da noite, uma construção semelhante a um castelo. Caminhando por entre as casas esquecidas, eles chegam cada vez mais perto de sua porta de entrada. Enquanto chegam mais perto, notam que o castelo é muito maior do que parecia.

"Corram para as colinas!"

Ao chegarem furtivamente à porta de entrada, percebem que esta tem quase 6 metros de altura, e sua maçaneta fica a 2 metros do chão. Blocos enormes compõem janelas de 2 metros de altura. Percebem então que aquele castelo é uma ruína da Era dos Gigantes, construída antes do surgimento da cidade. Os gigantes foram a primeira forma de vida civilizada em Eberron. Usando de seu conhecimento mágico e escravos, construíram grandes cidades em Xen’drik. O castelo em questão servia como posto militar e centro de estudos em Khorvaire. Posteriormente usado como fortaleza na Era dos Monstros, esse castelo permaneceu abandonado até então.

Lucius Theren usa algumas ferramentas improvisadas e destranca a porta de entrada. Entram então em uma grande sala (pelo menos para os personagens) cujas paredes mostram cenas de batalhas contra criaturas estranhas. Uma outra porta é o único caminho, e ao abrirem-na, um alarme soa. Eles então entram numa sala realmente grande, onde uma fogueira está feita no centro, e membros da Emerald Claw estavam dormindo. Um sabujo sepulcral os espera, juntamente com dois esqueletos arqueiros.

O combate é iniciado prematuramente com Murloc correndo em direção aos inimigos, mas um piso falso abre sob seus pés. Com pensamento ágil Tarak o segura, salvando-o da queda. Tarak então desfere um golpe na cabeça do sabujo que o faz morrer instantaneamente. Os membros da Emerald Claw então atacam Tarak e Murloc. Tarak cai inconsciente na grande tapeçaria que cobre toda a sala. Seus companheiros acabam com os inimigos com poderosos ataques e após um tempo ele volta a consciência.

Após um descanso breve os personagens escutam passos do andar de cima. De uma das escadas, saem 3 zumbis alados e um marechal da ordem. Atacando com seu mangual pesado enquanto seus servos morto-vivos investem nos adversários, ele dificulta a vida dos personagens. Mas nada que não possa ser superado. Mais uma vez, os inimigos são derrotados.

Os personagens passam então a explorar o local, encontrando muitos quartos e uma grande biblioteca no andar de cima. Sobem a torre noroeste do castelo e encontram 2 membros da Emerald Claw, que são facilmente neutralizados. Chegam então ao que parece uma sala de estudos, onde há algumas estantes de livros, mesas e cadeiras, um círculo mágico no chão e 13 membros da ordem. Acompanhados por um zumbi de Karnath, eles atacam os personagens assim que entram. Muitos são abatidos com facilidade, sobrando apenas o zumbi que insistia em renascer depois de derrotado. Usando seus conhecimentos religiosos, Murloc lembra-se de que esse tipo de zumbi só morreria com poderes divinos ou com fogo. Agindo rapidamente, eles jogam livros sobre o monstro e o queimam vivo morto-vivo.

Zombies. Zombies everywhere.

Um alçapão ao fundo da sala os conduz até o subsolo da construção. Lá eles encontram um local mal iluminado e mais monstros a sua espera. Desta vez, um zumbi brutamontes e dois esqueletos escaldantes. O zumbi brutamontes desfere pancadas que derrubam Murloc Shadowcrawler. Harumi o salva e cura com suas habilidades. Tarak o acorda para voltar ao combate e quando a esperança já estava se esvaindo, o brutamontes cai. Focando agora os esqueletos os personagens são pegos de surpresa, o brutamontes se ergue novamente e passa a atacá-los. Os heróis já estão esgotados. Seus recursos, escassos. Ninguém sabe o que pode acontecer com eles agora.

Jogam nessa aventura:

  • Bruno, como Murloc Shadowcrawler, Meio-elfo Battlemind
  • Guilherme, como Tarak, Meio-orc Bárbaro
  • Igor, como Lucius Theren, Elfo Patrulheiro
  • Daniela, como Harumi, Feral Xamã
  • Bianca, como Felicia Willhelmina Flannery d’Sivis (Vivi), Gnoma Psion

Comentários

Nessa sessão, testei alguns métodos novos para mestrar. Tentei improvisar mais, deixando pronto apenas as partes necessárias para um bom andamento. Percebi que estava ficando horas montando aventuras, mas na hora de mestrar eu apenas seguia o meu roteiro, e percebi que isso não me ajudaria em nada. Com essa nova maneira de mestrar, acho que estimularei mais minha reação à dos jogadores, me preparando para uma eventual “fuga de roteiro”, que uma hora ocorre. Essas fugas não são ruins, e sim boas, pois mostram o real desejo dos jogadores quanto ao que fazer.

Um fato interessante quando se joga um bom tempo com o mesmo grupo é notar que as estratégias se repetem, ou mesmo que as jogadas se repetem. No nosso caso, a estratégia tem tomado forma: Lucius, Murloc e Tarak avançam para combater os inimigos mais brutos enquanto Vivi e Harumi ficam na retaguarda para matarem os outros e depois focarem os mais fortes no final

Infelizmente, talvez não haverá mais sessões dessa campanha. Um jogador do nosso grupo que estava viajando (Paulo) volta agora em janeiro, e retomaremos nossa antiga campanha “Heróis de Queda Escarpada” e talvez comecemos outra em Eberron. Espero que um dia voltemos a jogar Mourn Day Remainders, para pelo menos concluir esse arco, ou parte dele.

Anúncios

5 Respostas para “Mourn Day Remainders – Sessão 4: Explorando o castelo gigante

  1. Gui_Gratieri 29/12/2010 às 17:10

    DIÁRIO NELES GALERINHA!!
    (é o ultimo encontro dessa aventura mesmo…xP)

  2. Anônimo 04/01/2011 às 10:11

    Nossa,esse pino verde é mt foda :O

  3. Bianca 04/01/2011 às 11:42

    Baaawww D:
    Logo quando eu tava acostumando com a Vivi. Precisamos terminar esse arco da campanha pelo menos XD

  4. Alexandre 19/01/2011 às 14:19

    E aí Gabriel… Estava vendo sua campanha, muito legal e bem feita…

    Vcs moram em São Paulo??? Estava pensando em fazer uma campanha uma vez por mês e se quiser / quiserem jogar, seria bem legal… Queria no grupo uma galera que curta interpreetar e tal… Mesmo se tiver vaga nesse seu grupo…

    Meu mail é interale4@gmail.com
    Abração

  5. Gabriel 24/01/2011 às 22:26

    E aí Alexandre…

    Infelizmente não moramos em São Paulo. Somos do sul de Minas Gerais. Achei muito legal a iniciativa, e gostaria muito que tivesse dado certo.

    Qualquer coisa, meu e-mail é grreis_br@hotmail.com, e talvez algum dia possamos entrar em contato e programar algo, pois talvez me mude para São Paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: